Prefeitura capacita servidores para prevenção e combate ao assédio no serviço público

• Atualizado há 2 meses ago

Seguindo com as comemorações alusivas ao Dia do Servidor Fazendário, comemorado em 17 de setembro, a Prefeitura Belém, por meio da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), realizou uma palestra de prevenção e combate aos assédios moral e sexual. O evento, que reuniu cerca de 40 servidores, foi pensado para criar um ambiente de trabalho cada mês mais humanizado dentro do órgão.  

Relações saudáveis – “Esse encontro tem como finalidade levar aos servidores informações úteis e necessárias para que se construam relações saudáveis e respeitosas na Secretaria de Finanças, afinal, uma das metas da nossa gestão é transformar o ambiente de trabalho em um local humano, adequado e confortável para o nosso servidor”, conta a secretária municipal de Finanças, Káritas Rodrigues. 

Consequências do assédio – A palestra foi conduzida pela psicóloga Janne de Aragão, que atua, entre outras áreas, na psicologia organizacional. Durante o encontro, ela tratou do conceito, tipos e consequências do assédio.

“O assédio  pode causar prejuízos de grandes proporções para a empresa, para os governos, para os familiares da vítima e para a própria vítima, que, em alguns casos, chega a cometer suicídio”, destacou.

Na ocasião, ela também falou sobre os cuidados necessários para evitar episódios de assédio na instituição, como:

– Desenvolver políticas de conscientização, capacitação e fiscalização das atividades contínuas;
– Investir em gestão de pessoas, uma vez que os líderes precisam desenvolver habilidade de gerir pessoas e não somente processos;
– Ter líderes e gestores acessíveis; 
– Ter uma escuta aberta e ativa às demandas do trabalhador;
– Estimular relações mais positivas e saudáveis dentro da instituição. 

Contribuição – A servidora Marjone Freitas, como chefe de uma divisão na Secretaria de Finanças, diz que os conhecimentos repassados durante a palestra vão contribuir para que essas condutas sejam evitadas.

“É preciso que os gestores estejam preparados para lidar com essas situações, pois, na maioria dos casos não existem testemunhas ou documentos que comprovem a violência, e esse crime muitas vezes fica, de certa forma, invisível. Então,  a palestra contribuiu para termos mais informações sobre como combater”, afirmou. 

Cidadãos – A partir da palestra, a expectativa da Sefin é também contribuir para a formação do servidor enquanto cidadão, à medida que, ao receber essas informações e aplicá-las em seu dia a dia, ele se torna agente multiplicador sobre o tema na família e na comunidade. 

A servidora Linadyr Holanda, por exemplo, afirma que “pretendo levar essas informações para além da Sefin, pois não devemos calar diante dos assédios que ocorrem e que, muitas das vezes, deixamos passar por vergonha da exposição”, ponderou.   

Ambiente de trabalho – Para Flávio Carvalho, que também trabalha na Secretaria de Finanças e participou do encontro, esse é o primeiro passo para construir um ambiente de trabalho melhor.

“É um trabalho de base, estrutural, que deve iniciar com um movimento de conscientização, de uma autoavaliação crítica de como me relaciono com o outro, com as múltiplas diversidades do ser humano, e como nós gostaríamos que fôssemos tratados”. 

Ações complementares – A partir do que foi discutido entre os servidores, a Sefin irá promover ações complementares de conscientização e comprometimento das servidoras e servidores fazendários visando a prevenção, denúncia e correção de ocorrências das diversas formas de assédio que podem ocorrer em um ambiente de trabalho.

Veja também

Atenção Contribuinte:

No caso de parcelamento de débitos do IPTU, de acordo com o parágrafo 8º, do artigo 8º do Decreto nº 104.537/2022, de 20 de junho de 2022 (DOM nº 14.503, de 20/06/2022), a redução de 90% de juros e multa de mora somente está disponível para os contribuintes que efetuaram a opção por este incentivo, a partir do pedido de adesão ao programa de "Recadastramento Imobiliário Incentivado" (disponível no portal de serviços on-line da SEFIN), devidamente deferido, conforme previsto no Decreto nº 101.946/2021, de 01 de setembro de 2021 (DOM nº 14.316, de 01/09/2021).

Atenção Contribuinte:

No caso de parcelamento de débitos do IPTU, de acordo com o parágrafo 8º, do artigo 8º do Decreto nº 104.537/2022, de 20 de junho de 2022 (DOM nº 14.503, de 20/06/2022), a redução de 90% de juros e multa de mora somente está disponível para os contribuintes que efetuaram a opção por este incentivo, a partir do pedido de adesão ao programa de "Recadastramento Imobiliário Incentivado" (disponível no portal de serviços on-line da SEFIN), devidamente deferido, conforme previsto no Decreto nº 101.946/2021, de 01 de setembro de 2021 (DOM nº 14.316, de 01/09/2021).

Skip to content